A melhor oportunidade para investir em criptoativos

Por João Kamradt

Quer ter acesso às informações mais quentes do mundo cripto logo no começo do dia, todos os dias, na caixa do seu email? Cadastre-se gratuitamente na nossa newsletter!

Sim, os mercados estão em baixa. Sim, a economia está em recessão. Tanto no Brasil quanto nos Estados Unidos, temos uma inflação galopante. Dos EUA, recebemos notícia do aperto da política fiscal do FED. Na Europa, a guerra entre Rússia e Ucrânia se estende e além de vidas, deteriora a economia do Velho Continente. No Oriente Médio, principalmente, temos notícias do aumento do preço do petróleo. Ou seja, não há notícias animadoras e as perspectivas apontam para uma recessão que se estenderá por mais tempo. Mas mesmo diante desse cenário, podemos apontar que este é o melhor momento para estudar e começar a se expor ao mercado de criptoativos.

Como um fundo de Venture Capital, no momento, temos a oportunidade de observar inúmeros projetos com potencial e escolher em quais iremos investir para o próximo ciclo de crescimento. Isto não busca ser uma recomendação de investimentos, mas sim uma discussão da forma que analisamos os projetos que irão compor nosso portfólio.

A primeira coisa que fazemos enquanto um VC é analisar o cenário em que estamos e onde esperamos estar posicionados nos próximos anos. A partir da resposta a esta pergunta, nós traçamos um plano para a montagem do nosso portfólio. No mercado cripto, a forma dominante de investimento dos Ventures Capitals é através de tokens, em um contrato que garanta a conversão do dinheiro em tokens, chamado de SAFT (Simple Agreement for Future Tokens). Outra maneira é obter uma participação da empresa fundadora que garanta um percentual do lucro obtido por ela no futuro — investimento este mais próximo do mercado tradicional, embora menos comum.

Como regra, quanto mais cedo o estágio em que um fundo de VC investe, maior o risco e, por consequência, maior o retorno potencial do investimento. O segredo está nos detalhes. No mercado cripto, a construção de portfólio envolve dimensionar posições e espalhá-las entre setores. A tarefa não é simples, mas VCs tomam decisões levando em conta inúmeras variáveis, como: 1) estágio de investimento, 2) tamanho do fundo, 3) concentração do portfólio, 4) tamanho do ticket, 5) estratégia de saída, entre outros.

Os ciclos de desenvolvimento do mercado cripto

Fonte: a16z

Esse tipo de investimento costuma ter baixa liquidez, ou seja, após tomada a decisão é difícil ou praticamente impossível de voltar atrás (vendendo ativos por exemplo). Essa característica dá um peso ainda maior para o processo de investimento, pois afetará não apenas o desempenho financeiro mas também as futuras alocações do fundo. Criar uma tese sobre qual segmento da tecnologia irá destravar valor é apenas um pré-requisito para um investidor. Pegar essa tese e construir um portfólio inteiro em torno dela que otimize o retorno do investimento é algo totalmente diferente.

Os investimentos em criptomoedas não têm um prazo curto para vencimento, mas certamente têm um período menor de liquidez do que no mercado tradicional, com menos rodadas de financiamento. Em vez de levar alguns anos e inúmeras rodadas de financiamento até a saída, a maioria dos projetos cripto fazem apenas algumas rodadas de financiamento privado antes de lançar seu token. Acessar essas oportunidades em um estágio inicial e compreender os riscos de apontar em projetos com informações incompletas, é em grande parte o trabalho de fundos de investimento.

O fato de um token ser negociado publicamente nos diz muito pouco sobre o estágio, maturidade ou nível de risco de uma determinada criptomoeda, exceto que eles provavelmente atingiram ou ultrapassaram o estágio ‘beta’. Há todas as chances de o investimento ainda ser uma aposta em estágio inicial com potencial de retorno assimétrico e deve ser tratado como tal, independentemente da liquidez.

Enquanto os VCs do mercado tradicional normalmente saem a partir de um evento de liquidez, isso pode não ser o ideal em criptomoedas. Como um token líquido é quase um pré-requisito para uma criptomoeda, a liquidez do token ocorre muito cedo na maturidade de um projeto — muito cedo para que o verdadeiro valor dele seja aparente e muitas vezes enquanto a empresa por trás dele tem necessidades de capital.

Quantidade de investimentos dos VCs em projetos criptos por trimestre

Fonte: CoinTelegraph Research

Diante disso, como avaliamos um projeto?

Para consolidar as possibilidades de investimento, o que fazemos? Primeiro estabelecemos uma esteira de análise para abordar os investimentos. Essa esteira é composta por etapas. Essas fases de análise funcionam desde uma primeira abordagem para saber se o projeto está dentro do quanto podemos investir até cumprir os requisitos básicos a partir de uma observação quantitativa ou uma análise mais subjetiva para compreender o valor do projeto considerando seu setor, a solução que oferece e o tempo necessário para maturação.

Mas como isso se traduz de forma prática e como isso pode ser usado pelo investidor comum? Bem, abaixo há uma lista de perguntas que fazemos para compreender o projeto. Acreditamos que ela pode ser útil a qualquer investidor. Veja:

  • Qual é a rede que a aplicação irá funcionar?
  • Qual seu setor de atuação e quem são seus concorrentes diretos?
  • Qual é a experiência da equipe com esse tipo de aplicação?
  • Qual é a inovação que o projeto pretende oferecer?
  • Qual é a experiência da equipe no mercado de criptoativos?
  • Qual é a experiência da equipe com desenvolvimento de comunidades?
  • A equipe possui alguma parte da aplicação desenvolvida? Se sim, avaliar.
  • Qual é a previsão de lançamento?
  • O projeto possui um tokenomics definido?
  • Como o tokenomics pode ser classificado?
  • Qual é a forma de investimento?
  • Qual é o tempo de lockup do projeto para seed investors?
  • O projeto possui parcerias com outras empresas/fundos?
  • Qual a fonte de renda do projeto? Como ele pretende se monetizar?
  • Qual o valor pedido pelo projeto e quanto isso representa da quantia total a ser levantada?

Estágios do investimento dos fundos de Venture Capital

Fonte: CoinTelegraph

Após a resposta destes critérios e a consideração das respostas, estabelecemos se o projeto passará ou não para o próximo filtro. Se sim, ele seguirá para uma outra rodada de análise. Após isso, passará por um outro filtro de investimentos no qual será feita uma conversa direta com os fundadores do projeto, no qual novas dúvidas serão tiradas e mais detalhes serão revelados. Aqui também serão discutidos termos financeiros de forma mais efetiva.

Se fizermos nosso dever de casa na hora da análise do projeto, melhoramos a assertividade e a possibilidade de lucro. É necessário ter confiança nos ativos. Se acreditamos nos fundamentos dos tokens ou nas equipes dos protocolos que apoiamos, é o momento de permanecer firme. Agora, caso os fundamentos do projeto e a visão de longo prazo do mudem, é o momento para você repensar sua tese de investimentos e mover seus fundos de lugar.

Também é necessário estar pronto para quedas no preço dos ativos, algo que pode ocorrer com certa frequência em um mercado de baixa. Nesse cenário, é prudente diminuir a exposição nos ativos ou fazer dollar cost average, o tradicional preço médio.

Não podemos ter o que queremos, agora, nem o que vai nos fazer sentir melhor. No entanto, temos hoje uma enorme oportunidade de estarmos posicionados para o próximo ciclo de crescimento. É nisto que a Projog acredita e é por isso que enquanto VC estamos em busca das melhores oportunidades de projetos para aportar nosso capital.

***

SOMOS A PROJOG!
Somos um fundo de Venture Capital e uma research brasileira. Construímos teses de investimentos em torno da Web3. Estamos de olho em como a tecnologia blockchain reimagina maneiras pelas quais o “capital” pode ser transmitido e o “valor” cultivado. Na Projog, acreditamos que os criptoativos representam uma mudança de paradigma na relação como humanos e dispositivos se organizam, colaboram e consomem. Nossa crença no futuro descentralizado nos torna mais que investidores, mas parceiros na construção das empresas que integram nosso portfólio.

JUNTE-SE A NÓS!
Se você gosta do que estamos fazendo e quer fazer parte da nossa comunidade, junte-se às nossas redes! Estamos ansiosos para conversar com todos vocês, compartilhar nossas teses de investimento, educar e discutir ideias.
Site |Discord | Instagram | Medium | YouTube | Linkedin | Grupo gratuito

--

--

Somos um fundo VC e uma research brasileira. Acreditamos que os criptoativos representam uma mudança de paradigma na forma como humanos e dispositivos interagem

Love podcasts or audiobooks? Learn on the go with our new app.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store